top of page

Desenrola Brasil: aprenda a não cair em golpes de falsos bancos


O Desenrola Brasil, programa de renegociação de dívidas do governo federal, tem como principal objetivo reintroduzir pessoas com restrição de crédito na economia, permitindo melhores condições para renegociar pendências financeiras.

Idealizado pelo Governo Federal e com o apoio da Febraban, a iniciativa tem potencial de beneficiar até 70 milhões de pessoas.

De acordo com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, em uma semana 2 milhões de registros foram desnegativados e meio bilhão em dívidas repactuadas.

O que é o “golpe do Desenrola Brasil”?

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, as tentativas de fraude podem acontecer por meio de anúncios pagos no Facebook e mensagens de WhatsApp que direcionam para links falsos, solicitam dados pessoais como o CPF, ou pedem o pagamento de taxas com a promessa de limpar o nome.

Os anúncios são feitos por contas não oficiais do governo ou das instituições financeiras. Além disso, é possível perceber erros gramaticais, de ortografia e de digitação, indícios de que a publicação é uma fraude.


Como não cair no golpe?

A Febraban divulgou um alerta sobre esses golpes e orientou as pessoas a procurarem informações sobre o Desenrola dentro dos canais oficiais dos bancos que aderiram ao programa, como agências, no internet banking ou em seus aplicativos bancários.

“É muito importante que o cliente não clique em links recebidos por aplicativos de mensagens, de redes sociais e em links patrocinados em sites de busca. Faça você mesmo o contato com o seu banco. Fique atento para que não sejam aceitas propostas de envio de valores com a finalidade de garantir melhores condições de renegociação das dívidas. Reforçamos que somente é possível renegociar as dívidas nos canais oficiais dos bancos”, alerta Adriano Volpini, diretor do Comitê de Prevenção a Fraudes da Febraban.

A Federação também informa que se a cobrança for feita em boleto, é importante checar na hora do pagamento se o mesmo está sendo feito realmente para a instituição financeira com a qual o cliente tem a pendência.

Ainda segundo a Febraban, a entidade não envia comunicado para renegociar dívidas no Desenrola. Caso receba qualquer mensagem com o logotipo da entidade e/ou de bancos, o cliente deve descartá-la e entrar em contato com os canais oficiais da instituição financeira.


Veja como se proteger:

1. A principal dica é: verifique atentamente o endereço do site. Muitas vezes, o golpista usa domínios com grafia parecida com a empresa pela qual ele está tentando passar;

2. Nunca clique em links em e-mails, SMS, WhatsApp ou resultado de site de busca. Digite o endereço da empresa direto no navegador;

3. Verifique o layout – se há erros de grafia, uso excessivo de maiúsculas ou caracteres especiais, layout mal formatado;

4. Cuidado com selos de segurança – em alguns casos, o golpista usa de elementos visuais que passam confiança como selos de segurança.


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

PM recaptura quase 400 detentos durante saidinha

Quase 400 detentos foram flagrados descumprindo as regras durante a saidinha temporária de fim de ano. Para terem direito ao benefício, os presos devem seguir algumas medidas enquanto estão nas ruas.

Comments


bottom of page